Em 12 vezes sem juros!

Posted on janeiro 14, 2009. Filed under: mercado | Tags:, , , , |

Estava explicando outro dia como, na verdade, não há como existir compras em 12 vezes sem juros. Uma fábula contada pelo comerciante para enganar os consumidores, mas vamos tentar destrinchá-la:

Se você quer comprar X mas não tem o dinheiro no momento pra comprar, você tem q pegar emprestado, certo? Qual a diferença entre pegar emprestado e comprar a prazo? Zero. Dinheiro emprestado é na verdade dinheiro q você está comprando pra usar agora. E vai pagar com o juros.

No momento, os únicos lugares q estão literalmente vendendo dinheiro de graça, isto é, não cobrando absolutamente nenhum juro pra emprestar, são, salvo engano, EUA e Japão. Por que a taxa básica de juros, i.e. a taxa pela qual o tesouro do pais está emprestando é zero. Que é uma tentativa desesperada de fazer a economia caminhar, já que estes países estão em recessão.

Se em uma loja, por exemplo, a Americanas diz que está vendendo uma TV por R$ 1799,00 ou em 12 vezes de R$ 149,92 sem juros, o que a Americanas pode estar fazendo é vendendo a TV com juros ditos zero, mas na verdade embutindo os juros no preço do produto. Desta forma, se o preço para vender com lucro seria de R$ 1700,00 pra vender a vista (que o Brasileiro não é acostumado a comprar), eu vendo por R$1799,00.

Vamos fazer uma conta então: 12×149,92 dá 1799,04. Ok, eles estão engolindo 4 centavos, mas vamos deixar isso pra lá. Se você aplicar esse dinheiro todo mês durante doze meses em um fundo de renda fixa dá R$ 1890,92. Se ainda colocarmos o imposto de renda na fonte na alíquota de 20%, dá R$ 1872,46. O que já são 73 reais a mais do que se iria pagar nas parcelas “sem juros”.

Agora, pra sacramentar que os sem juros na verdade estão embutidos no preço, e se optarmos por comprar a TV a vista, com boleto bancário? As lojas Americanas nos dão um desconto de 5%, o que dá… R$ 89,95. Mais do que receberíamos se aplicássemos o dinheiro. Então, eu recomendo que você faça o seguinte:

  • Passo nº1: Aplique o dinheiro durante doze meses;
  • Passo nº2: Saque o dinheiro, e compre o aparelho no boleto bancário;
  • Passo nº3: Lucro! Pegue os R$ 162,95 que você NÃO teria antes e… faça o que bem quiser!


Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Boas e Más decisões

Posted on outubro 6, 2008. Filed under: comédia, mercado | Tags:, , , |

Algum tempo atrás, eu coloquei na cabeça que eu deveria comprar um apartamento. Moro de aluguel e, apesar de não acreditar muito na idéia “aluguel é dinheiro jogado fora”, principalmente quando eu verifico que o meu aluguel é equivalente a 0,25% (isto é, um QUATROCENTOS avos do preço atual do apartamento) eu estava afim de ter a possibilidade de deixar as coisas mais do meu jeito. Mas eu desisti da idéia por:

  1. O mercado estava incendiado, com preços absurdos;
  2. Todo mundo estava comprando, e eu, por princípio, não sigo movimentos de manada.

No final das contas, não comprei o apartamento e mantive 80% do meu patrimônio na renda fixa. Não foi uma das melhores idéias que eu tive. Se eu tivesse ido para o mercado de câmbio (o que era arriscado) teria ganho 77% em pouco mais de um mês. Não o fiz, então não há o que chorar o leite não lucrado. Mas eu estaria sorrindo tanto que minhas bochechas estariam doendo. Ao mesmo tempo não fiz uma bela dívida e, caso o juro realmente exploda, vai favorecer quem tem dinheiro em caixa.

Repensei o que escrevi acima. Fiz o correto na época, e não devo me repreender por não ter apostado em um mercado altamente volátil. E estou com bom posicionamento pra quando a bolsa parar de cair. E isto é bom.

(mais…)

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...